Maria Laet
TRABALHOS
EXPOSICOES
BIOGRAFIA
IMPRENSA

Maria Laet (Rio de Janeiro, 1982) concluiu os seus estudos na PIESP, São Paulo 2011-2012; obteve o seu MA em Theory and Practice of Transnational Art na Camberwell College of Art and Design, Londres, Reino Unido. Realizou residência artística na Schloß Balmoral, Bad Ems, Alemanha (2009), no Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa (2010) e na Residency Unlimited, Nova York (2014). Desde 2010, mostrou seu trabalho individualmente no Rio de Janeiro, São Paulo, Paris, Lisboa, Milão, Lyon e Nova Iorque. Participou da 33a Bienal de São Paulo: Afinidades Afetivas, São Paulo (2018) e na 18th Biennale of Sydney: All Our Relations (2012). Das suas exposições destacam-se: OTIUM #4, IAC, Lyon, França (2019); 33a Bienal de São Paulo: Afinidades Afetivas, São Paulo, Brasil (2018); Cosmogonies, au Gré des Éléments, MAMAC, Nice (2018); Video Art in Latin America, LAXART, Los Angeles (2017); La Vie Aquatique, Musée Régional d’Art Contemporain, Occitanie/ Méditerranée, França (2017); The Valise, The Museum of Modern Art, Nova Iorque (2017); Tangentes, MSK, Gent, Bélgica (2015); Encruzilhada, Parque Lage, Rio de Janeiro (2015); Rumors of the Meteore, 49 Nord 6 est – Frac Lorraine, Metz, França (2014); Everydayness, Wyspa Institute of Art, Gdansk, Polónia, (2014); From the Margin to the Edge, Somerset House, Londres (2012); 18th Biennale of Sydney: All Our Relations (2012); Convite à Viagem, Rumos Itaú Cultural, São Paulo (2012); e O Lugar da Linha, Museu de Arte Contemporânea de Niterói e Paço das Artes em São Paulo (2010). A sua obra integra coleções do MAM, Gilberto Chateaubriand, Rio de Janeiro; Museu de Arte Contemporânea de Niterói; 49 Nord 6 est – Frac Lorraine, Metz, França; MSK, Gent, Bélgica; AGI Verona, Itália;  Uría Menéndez, Madrid/Lisboa; Maria Cristina Masaveu Peterson Foundation, Madrid; Colección Patricia Phelps de Cisneros e MoMA, Nova Iorque; entre outras coleções nacionais e internacionais. 


CV